Pocket

O ministro da Justiça e da Segurança Pública estará no centro do programa da TV Cultura na próxima segunda-feira, dia 20 de janeiro, às 22h. O programa marca a estréia de Vera Magalhães, que assume o posto de apresentadora do tradicional programa.

Sergio Moro é o próximo entrevistado do Roda Viva

O ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, será o entrevistado do programa Roda Viva, na TV Cultura, no dia 20 de janeiro, segunda-feira, a partir das 22h. O programa, marca também a estréia da jornalista Vera Magalhães, que assume o posto de apresentadora do mais tradicional programa de entrevistas do País.
Além disso, o Roda Viva, programa criado em 1986, ganha uma reformulação de cenário. “Meu objetivo é diversificar ao máximo o perfil dos entrevistados. Na política, abarcar todas as correntes, da esquerda à direita, e, fora dela, trazer para o centro da roda as principais discussões culturais, comportamentais, científicas, jurídicas, econômicas e sociais”, afirma a jornalista, que acrescenta: “será um grande desafio mesclar nomes consagrados com aqueles que ainda estão fora do radar do grande público, mas têm o que dizer e serão referências em suas áreas num futuro próximo. Acho que o programa tem essa vocação também para antecipar discussões e tendências”.
Vera Guimarães entra no lugar da jornalista Daniela Lima, que ficou apenas cinco meses à frente do programa, depois de ter substituído Ricardo Lessa, que também ficou cinco meses como apresentador do Roda Viva. Daniela, que deixou a Folha de S. Paulo, onde atuava como editora da coluna Painel, foi contratada pela CNN. Será apresentadora de um dos principais programas da emissora e colunista nas plataformas digitais da emissora.

Vera Guimarães, nova apresentadora do Roda Viva


O Roda Viva  será transmitido ao vivo, a partir das 22h, com participação do cartunista Paulo Caruso. A bancada de entrevistadores será formada por Alan Gripp, diretor de redação de O Globo; Andreza Matais, diretora da sucursal de Brasília de O Estado de S.Paulo; Leandro Colon, diretor da Sucursal de Brasília da Folha de S. Paulo; Malu Gaspar, repórter especial da revista Piauí; e Felipe Moura Brasil, diretor de Jornalismo da rádio Jovem Pan.
O jornalista Glenn Greenwald, diretor do The Intercept Brasil, que divulgou a troca de mensagens entre Moro e os procuradores da Lava Jato, ironizou a inclusão do nome de Felipe Moura Brasil na bancada de entrevistadores do Roda Viva.
“Tão bom que Felipe Moura Brasil foi convidado ao Roda Viva para ‘entrevistar’ Sergio Moro. Sei o quão cansativo pode ser uma entrevista no programa e é bom que Moro terá alguém para massagear seu pescoço, costas e pés quando estiver cansado”, disse Glenn. Houve também uma forte demanda nas Redes Sociais para que o The Intercept Brasil participasse da banca de entrevistadores, mas o site não foi convidado.
A entrevista poderá ser acompanhada no site da emissora, no Twitter, no Facebook, no YouTube e no aplicativo Cultura Digital.

Sobre Sergio Moro
Ex-Juiz da 13ª Vara da Justiça Federal, em Curitiba, Paraná, Moro se especializou no combate a crimes financeiros. Trabalhou em casos como o escândalo do Banestado e também colaborou com o STF no caso do Mensalão.
Moro ganhou notoriedade, entretanto, devido a sua atuação na Operação Lava Jato – que, segundo o Ministério Público Federal, é o maior caso de corrupção e lavagem de dinheiro já apurado no País, o que levou à condenação mais de 160 pessoas. Por enquanto, já foram devolvidos aos cofres públicos cerca de 2,5 bilhões de reais, mas há previsão de que outros 13 bilhões devam ser recuperados.
Por sua participação em vários desses processos, como juiz, Moro viu-se no centro de uma polêmica. Admirado por uma parcela da população, que enxerga nele um símbolo da luta contra a corrupção, é acusado, por outros, de parcialidade. Já no cargo de ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro, foi alvo de críticas, entre elas pelo site The Intercept, após a divulgação de mensagens trocadas com procuradores da Operação Lava Jato.

Sobre Vera Magalhães
Vera Magalhães é formada em jornalismo pela ECA-USP. Tem passagens pela Folha de S.Paulo, onde trabalhou por 14 anos como chefe de reportagem de Política, repórter do Painel em Brasília e editora de Poder e da coluna Painel. Também trabalhou na revista Veja, onde foi editora-executiva e titular da coluna Radar. Até o ano passado, era comentarista da rádio Jovem Pan, onde comandava o programa diário de análise política 3 em 1. Atualmente é editora do site de análise política BRPolítico e colunista do jornal O Estado de S.Paulo, funções que irá conciliar com o Roda Viva.

Pocket